Cabelos ressecados com o uso da piscina?

Cabelos ressecados com o uso da piscina?

O maior terror das mulheres quando se trata de tomar um banho de piscina é o ressecamento dos cabelos na piscina.

Para elas, o cloro é o grande culpado pelos cabelos ressecados após algumas horas na piscina.

Mal sabem elas que o culpado não é somente o cloro. Na verdade, até a ausência de cloro na piscina pode ser um problema que acaba ressecando as madeixas.

Vamos ver aqui hoje o que de fato resseca a fibra capilar e como evitar esse problema que atinge tantos e tantos penteados…

Cabelos ressecados com o uso da piscina

Cabelos ressecados com o uso da piscinaSim, o cloro resseca os cabelos!

Mas independente da quantidade de cloro, a acidez da água também influencia de forma contundente o ressecamento dos fios!

Quando falamos da acidez da piscina, estamos a falar do pH.

Se não sabe exatamente o que é pH, confira nosso texto: “A importância do controle do ph da piscina“.

Se o pH ficar acima ou abaixo do patamar ideal, que é entre 7,0 e 7,4), a água da piscina tende a ressecar os fios mesmo se ela não for tratada com cloro!

Para assegurar a tranquilidade das mulheres e a saúde dos cabelos, é interessante medir e corrigir frequentemente o pH da água bem como sua alcalinidade.

Para saber mais sobre a alcalinidade da piscina, confira nosso texto: “A importância do controle da alcalinidade da piscina“.

Não se esqueça: a alcalinidade da piscina deve ser mantida entre 80 e 120 ppm e o pH entre 7,0 e 7,4.

Feito isso, aplique cloro para mantê-lo entre 1 e 3 ppm e deixe a água filtrando por 6 horas diariamente.

Tratamento da piscina que não resseca o cabelo

Cabelos ressecados pela piscinaSomente o controle desses parâmetros já ameniza bem o ressecamento dos cabelos com o uso da piscina.

Contudo, atualmente existem vários tratamentos alternativos que não utilizam o cloro como método de desinfecção da piscina.

Um deles é o tratamento com radiação ultra-violeta. Com a desinfecção UV, você pode reduzir em quase 100% a utilização do cloro na piscina e com isso o ressecamento dos cabelos…

Um outro tratamento que não contribui para o ressecamento dos cabelos é o tratamento com ozônio. O gás ozônio é gerado a partir do oxigênio do ar e injetado na tubulação de retorno da piscina.

Assim como a desinfecção UV, o gerador de ozônio reduz consideravelmente a necessidade de colocar cloro e assim, reduz também o potencial da piscina de ressecar os cabelos.

Em outras palavras, existe sim formar de tomar banho de piscina sem ter que lidar com as madeixas ressecadas. O ozônio, inclusive, faz bem para a pele e os cabelos!

Apesar do seu custo relativamente elevado, o ozônio surgiu a alguns anos atrás e hoje já se apresenta como o futuro do tratamento de piscinas de médio e grande porte.

Confira nossos textos sobre a utilização do ozônio no tratamento de piscinas:

Esperamos que tenham gostado do artigo e que, de agora em diante, você tenha em mente que o vilão dos cabelos não é apenas o cloro.

O ressecamento dos cabelos na piscina é algo natural mas que pode ser amenizado.

Prevenção do ressecamento dos cabelos na piscina

De um lado o responsável pelo tratamento pode controlar melhor os parâmetros da água e escolher um método de desinfecção que minimize a utilização do cloro.

Por outro lado, você pode se prevenir se souber quando irá utilizar a piscina e sobretudo adotar alguns hábitos para não ter mais os cabelos ressecados em situação alguma.

Separamos algumas dicas para você não ter que sofrer com o ressecamento dos cabelos:

  1. Não utilize shampoos com tanta frequência! Os shampoos são as maiores causas do ressecamento dos cabelos. Adicionalmente, na hora de escolher um shampoo, escolha algum que tenha o pH entre 4,5 e 6,7.
  2. O cabelo que já é naturalmente ressecado, deve ser tratado de forma especial! Evite puxar e esfregar com as unhas o couro cabeludo. Utilize sempre a ponta dos dedos para esfregar o cabelo estimulando o couro cabeludo.
  3. Prefira produtos sem álcool e use sempre condicionadores sem perfume. Cabelos ressecados podem usar condicionadores à noite e lavá-los somente pela manhã.
  4. Não utilize escovas com as madeixas molhadas! Neste caso, prefira o pente, ok?
  5. Evite usar ferro quente se for usar o secador. Evite esticar o cabelo durante a secagem e sempre que for fazê-lo, faça com baixas temperaturas!
  6. Já falamos no texto sobre a tonalidade verde dos cabelos depois da piscina, sobre o vinagre. Ele é um excelente condicionador e pode otimizar a limpeza e brilho dos fios.
    Para utilizá-los, acrescente ¼ de xícara de vinagre para uma tigela com água e use como condicionador após o shampoo, deixe por alguns minutos e enxague com água morna.
  7. Outra receita para amenizar o ressecamento dos cabelos: misture 3 ovos, 2 colheres de sopa de azeite ou óleo de cártamo e 1 colher de vinagre.
    Aplique a mistura nas madeixas, cubra com filme plástico e deixe descansar por 30 minutos após esse tempo, lave como de costume.
  8. Tenha como hábito comer nozes e sementes. Elas são potencializam o brilho do cabelo ressecado.

Falamos a relação do cloro com os cabelos verdes também. Se quiser conferir, segue o link: “Mudanças de cor dos cabelos na piscina | Cabelo verde na piscina“.

Esperamos ter ajudado você a lidar com seu cabelo ressecado e sua piscina! 🙂

Cabelos ressecados na piscina, nunca mais, certo?

Adicione nosso site a seus favoritos e se quiser passar a palavra adiante, compartilhe com os amigos!

Para começar a conversa, utilize o campo de comentários logo abaixo!

Receba dicas e novidades grátis no email

COMPARTILHE

NENHUM COMENTÁRIO

PARTICIPE