Dispositivos de segurança em piscinas coletivas

Dispositivos de segurança em piscinas coletivas

Escrevemos há algum tempo sobre uma lei sancionada no Paraná que determina a instalação de uma tampa de antiaprisionamento no ralo de fundo de piscinas.

Se não leu a matéria, confira no link:

Com o passar do tempo, como era de se esperar, é possível perceber em todo o país a preocupação dos administradores de clubes públicos e particulares no que diz respeito à instalação destes dispositivos de segurança nas piscinas.

O objetivo destes itens é fazer das piscinas coletivas locais mais seguros especialmente para crianças.

Sabemos que o afogamento é uma das principais causas de mortes entre crianças de 1 e 9 anos no país e para reduzir mais ocorrências desta espécie desenvolveu-se o projeto de lei nº 55/2015 que determina a obrigatoriedade de dispositivos de interrupção da sucção em piscinas coletivas.

Esta lei já está em vigor em algumas cidades como Foz do Iguaçu e Belo Horizonte. Outras localidades também estão aderindo à proposta escrita inicialmente pelo deputado petista Péricles de Mello.

Em Belo Horizonte uma menina faleceu no início de 2014 depois de ter seu cabelo sugado pela tubulação de uma piscina no Jaraguá Country Clube.

De acordo com as estatísticas, este tipo de ocorrência não é rara.

Para você que não entende como acontece a sucção de pessoas pelo cabelo, pelas costas ou outras partes do corpo, separamos dois vídeos.

Veja como funciona a sucção de uma piscina igual à que causou a morte da criança em BH:

Agora veja como funciona a tampa da qual estamos falando, que impede que as crianças fiquem presas debaixo d’água:

Com o passar do tempo os clubes vão se adequando e incrementando a segurança das piscinas com estes dispositivos.

Nós, daqui, incentivamos que todo clube instale não só este mas todo e qualquer dispositivo que possa auxiliar no aumento da segurança na piscina.

Segurança é uma questão de primeira prioridade e deve ser levada a sério!

Já falamos um pouco sobre segurança nas piscinas. Confira os textos onde falamos do assunto:

Ainda que todas as piscinas tenham todos os dispositivos de segurança instalados, a atenção dos responsáveis pelas crianças ainda seria fundamental.

Portanto, quando for ao clube, fique sempre atento às crianças e jamais deixe-as brincando sozinhas na piscina, ok?

Grande abraço a todos e até a próxima!

Receba dicas e novidades grátis no email

COMPARTILHE

NENHUM COMENTÁRIO

PARTICIPE