Prevenção de acidentes na piscina

Prevenção de acidentes na piscina

Prevenção de acidentes na piscinaA prevenção de acidentes na piscina é algo muito importante!

Além de manter sua piscina limpa e protegida de algas e bactérias, é preciso mantê-la segura, prevenindo os acidentes e riscos de afogamentos.

Em um final de semana na piscina de casa, ou mesmo utilizando a piscina do clube, não há nada pior que se deparar com uma situação de risco que poderá acabar em acidentes!

Para ficar todo mundo tranquilo, é necessário que cada um faça sua parte na hora de usar a piscina!

A seguir daremos várias dicas para prevenção de acidentes na piscina e esperamos que você anote todas aí ok?

Dicas de prevenção de acidentes na piscina12 dicas para prevenir acidentes na piscina

  1. Se você possui crianças em casa, cerque sua piscina de preferência ou toda a área da piscina com algum portão que não possa ser aberto por uma criança. Para conhecer algumas soluções neste sentido, confira nosso texto: “Segurança para piscinas – Evitando afogamentos“.
  2. Ande, não corra! Os pisos próximos às piscinas podem se tornar escorregadios. Evite correr na beira da piscina e, sempre que possível, utilize as escadas para entrar e sair.
  3. Preste atenção antes de mergulhar, muitos acidentes acontecem por banhistas que mergulham de cabeça em piscinas rasas. Por isso, sempre observe bem antes de mergulhar. E o mesmo vale para evitar o choque com outras pessoas.
  4. Respeite suas limitações! Nade somente na profundidade em que você se sinta confortável e seguro.
  5. Nade acompanhado mesmo que a piscina seja assegurada pela presença de um salva-vidas! É útil manter uma companhia que o observe enquanto você nada – e vice-versa.
  6. Evite brincadeiras violentas. Não faça brincadeiras de lutas ou “cavalinhos” na piscina. Uma batida com a cabeça nas paredes pode levar à inconsciência e resultar em afogamento.
  7. Se beber, não nade. A presença de álcool no sangue reduz os reflexos, ameaçando a sua segurança e a das pessoas que estão com você na piscina.
  8. Mantenha a piscina sempre limpa e saudável. (Confira nosso manual passo-a-passo para iniciantes em limpeza de piscinas). Lembre-se também da importância da ducha da piscina e nunca entre com comidas e bebidas na piscina. Além de poder respingar bebida e sujá-la com isso, os copos propiciam riscos de vidros quebrados no fundo da piscina. Evite também entrar com trajes que não sejam apropriados, como calças, camisetas ou fraldas.
  9. Atenção para a sucção pois a água da piscina está em constante filtração! O sistema de filtração “puxa” a água para o filtro através de vários orifícios espalhados pela piscina. Esses orifícios podem sugar seus cabelos, mantendo-o submerso até o afogamento. Pessoas com cabelos compridos devem estar especialmente atentas para esse risco e o uso de toucas é recomendado. Este risco atualmente já é reduzido pois as piscinas já tem mais de um ralo de fundo ou um dispositivo que impede que você seja sugado, porém é sempre bom lembrar disso, afinal de contas, não conhecemos todas as piscinas do mundo, certo?
  10. Atenção para as armadilhas submersas. Muitos utensílios podem segurar uma pessoa embaixo da água da sua piscina. Algumas escadas possuem espaços que podem prender uma criança. Por isso, fique sempre atento para esses detalhes da sua piscina.
  11. Atenção para utensílios quebrados. Objetos quebrados dentro da piscina podem causar cortes e machucados. Conserte imediatamente qualquer problema que possa oferecer risco aos banhistas.
  12. Crianças e piscinas: atenção redobrada! É muito importante, para o desenvolvimento da criança, que ela frequente a piscina e pratique esportes como a natação. Mas é preciso manter uma atenção especial quando crianças estão na água, pois elas podem se afogar rapidamente e em qualquer profundidade.

Prevenção de acidentes na piscina com crianças

  • Prevenção de acidentes com crianças na piscinaAprenda a nadar e ensine suas crianças também.
  • A criança nunca deve permanecer na piscina sem observação.
  • Mantenha um telefone próximo da piscina para acionar os bombeiros em caso de emergências.
  • Sempre mantenha o equipamento básico de salva-vidas próximo das piscinas e aprenda a usá-lo. Boias e cordas são especialmente recomendadas.
  • Mantenha brinquedos do lado de fora da piscina – lembre-se: brinquedos atraem crianças.
  • Boias são importantes, mas não substituem a supervisão de um adulto. Elas podem esvaziar, escorregar ou até mesmo virar, deixando a criança em uma situação de risco.

Essas são apenas algumas dicas para prevenção de acidentes na piscina.

Esperamos que você tenha gostado das dicas e se tiver ficado com alguma dúvida, ou quiser acrescentar alguma coisa, utilize o campo de comentários logo abaixo. A comunidade está sempre pronta para conversar!

Se quiser passar a palavra adiante, compartilhe nas redes sociais!

Receba dicas e novidades grátis no email

COMPARTILHE

NENHUM COMENTÁRIO

PARTICIPE