Para uma piscina limpa e saudável, é importante estar atento à duas partes da limpeza da piscina: o tratamento físico e o tratamento químico da piscina.

Hoje vamos falar um pouco sobre esses dois processos e aprender “o geral” sobre tratamento de piscinas.

Entretanto, aqui encontra-se o trivial para cuidar de qualquer piscina e 90% de todo o processo de limpeza de piscinas pode ser feito com essas informações que seguem…

Vamos lá?

Tratamento físico da piscina

O tratamento físico da piscina envolve os assuntos relacionados à filtração e circulação da água, além da limpeza da área externa e da superfície da piscina, limpeza das bordas e do piso.

Dentre as tarefas que o tratamento físico da piscina abrange, podemos citar as seguintes…

Limpeza da área externa da piscina

Limpar da área externa da piscinaA limpeza da área ao redor da piscina pode ser feita utilizando uma vassoura ou um soprador de folhas.

O importante aqui é manter o entorno da piscina sempre limpo para evitar que, com a ação dos ventos, a sujeira do piso entre em contato com a água da piscina.

Vale lembrar também que o ideal é varrer jogando a sujeira sempre no sentido oposto ao da piscina, evitando que a sujeira caia na água durante a limpeza.

Limpeza da borda da piscinaLimpeza da borda da piscina

A limpeza da borda da piscina é parte importante do tratamento físico da piscina.

As impurezas que se aderem nas bordas constituem um dos fatores que prejudicam a limpeza da piscina como um todo.

Esta tarefa é tão importante que escrevemos um artigo falando exclusivamente desta parte. Se ainda não leu, aproveite para ler agora: “A maneira correta de limpar a borda da piscina“.

A ideia aqui é utilizar um pano ou bucha macia para, com o auxílio de um limpa-bordas ir retirando a sujeira agarrada na borda.

Peneiração da piscina

Limpar a superfície da piscina com a peneiraUtilizar a peneira cata-folhas para retirar folhas, insetos e demais impurezas da superfície da piscina também é muito importante.

A peneiração da piscina, bem como a limpeza das bordas, é um outro fator que prejudica a limpeza da piscina e, caso não seja feita, sua piscina demandará de mais cloro, ficará turva mais facilmente e ficará, dentro de pouco tempo, com um aspecto de piscina abandonada!

Aspiração da piscina

Aspiração da piscinaA aspiração é uma outra parte essencial do tratamento físico da piscina.

A utilização do aspirador remove impurezas do fundo da piscina e facilita o trabalho do filtro da piscina.

A ideia aqui é usar o aspirador para filtrar o fundo da piscina e, caso a situação esteja crítica, utilizá-lo para drenar a sujeira do fundo.

Confira nosso texto: “Aspirador agarrando no fundo da piscina, o que fazer?“.

Filtração da piscina

Filtro de areia da piscinaA filtração da água é realizada pelo sistema filtrante da piscina.

Aqui é válido lembrar sobre as às paradas para retro-lavagem da areia do filtro que, caso não sejam feitas, o tempo de filtração passa a ser completamente perdido!

Mais sobre o filtro da piscina:

E por aqui acabam os principais processos do tratamento físico da piscina.

Vejamos agora o que constitui o tratamento químico da piscina.

Tratamento químico da piscina

Ao começar o tratamento químico da piscina, é importante lembrar da utilização de luvas, máscaras e óculos de proteção.

Caso ainda não tenha lido, dê uma conferida em nosso artigo onde falamos sobre segurança no manuseio de produtos químicos para piscina.

O tratamento químico da piscina envolve, basicamente, o controle dos parâmetros químicos da piscina (alcalinidade, pH, cloro e etc.), além de toda manutenção que envolva produtos para solucionar algum problema encontrado.

Os principais processos do tratamento químico da piscina são os seguintes…

Medir e corrigir o pH da piscinaControle do pH da piscina

Aqui o ideal é medir diariamente e corrigir sempre que necessário o pH da água.

O pH deve estar em torno de 7,2.

Se ele estiver mais baixo que isto, adiciona-se o elevador de pH, também chamado de Barrilha Leve.

Se ele estiver mais alto que isto, adiciona-se diminuidor de pH, que geralmente é composto por ácido muriático ou algum outro ácido.

Saiba mais sobre o pH da piscina:

Controle do cloro livre na piscina

Aqui é onde a maioria das pessoas se embola! A medição e a correção do cloro livre na piscina devem ser feitas com muito discernimento!

Kit de testes de teste para medir o cloto total na piscinaPara começo de conversa: este estojo na imagem ao lado não mede o cloro livre na piscina, mas o cloro total!

E o que é cloro total?

O cloro total é a quantidade de cloro livre somada à quantidade de cloro combinado presente na piscina.

Aqui no Brasil é bastante difícil encontrar estojos que medem o cloro livre e o cloro combinado. Por isso, para medir o cloro livre, podemos utilizar a fita teste, que é facilmente encontrada em qualquer loja de piscinas.

Veja outros textos onde falamos sobre o cloro da piscina:

Controle da alcalinidade da piscina

Medir e corrigir a alcalinidade da piscinaA medição e a correção da alcalinidade da piscina deve ser feita no mínimo mensalmente. O ideal é medi-la toda semana.

A alcalinidade se mostra como um dos principais parâmetros aos quais devemos prestar atenção uma vez que é ela quem determina a estabilidade do pH. Este, por sua vez, é o que determina a eficácia e o poder de desinfecção do cloro que colocamos na água.

Perceba que não há nada solto, mas está tudo ligado! Se você descuida com a alcalinidade, seu pH varia demais o que, no final das contas, acabará levando à ineficiência do cloro utilizado.

Sendo assim, não adiante controlar o cloro diariamente se você não olha para a alcalinidade e o pH da piscina.

Saiba mais sobre a alcalinidade da piscina:

Decantação da piscina

Decantador para piscinaÉ importante, ao longo da caminhada, verificar a necessidade de decantar a piscina ou adicionar o floculante em dosagem de clarificação para auxiliar no tratamento físico realizado pelo filtro da piscina.

A maior parte dos decantadores podem ser usados como tal, para decantar a sujeira e aspirá-la no dia seguinte, mas podem ser usados também como auxiliar de filtração.

Para utilizá-lo como auxiliar de filtração (ou clarificante) basta adicionar uma quantidade menor à piscina e manter a filtração funcionando.

Limpeza física e química da piscina

Esses são alguns dos pontos que devemos observar para realizar com eficiência a limpeza da piscina.

Não podemos descuidar da limpeza física da piscina pois é ela que realiza todo o trabalho pesado.

Também não podemos deixar a limpeza química da piscina de lado pois ela é a responsável pela desinfecção e pela limpeza mais delicada da piscina.

Pelo menos à primeira vista, a limpeza de uma piscina não é a coisa mais simples do mundo, contudo, se você acompanha nosso site você já deve tirar esta tarefa de letra!

Este é o básico do básico para quem quer ter uma piscina em condições de uso.

Se ficou alguma dúvida, utilize o campo de comentários para falar conosco e para passar a palavra adiante, compartilhe com os amigos!

Não deixe de ler também nossa dica preciosa para ter uma piscina cristalina e saudável.

Esperamos que tenha gostado do nosso artigo sobre o tratamento físico e químico da piscina!

Adicione nosso site em seus favoritos e volte sempre!