Pequena empresa de São Paulo desenvolve equipamento que elimina odores e purifica a água, o ar e alimentos.

O equipamento é um gerador de ozônio, um purificador 100 vezes mais potente que o cloro.

A máquina, desenvolvida pelo engenheiro eletrônio Samy Menasce, é uma revolução no que diz respeito a limpeza sustentável.

Ela capta o ar do ambiente e com a quebra de moléculas, transforma o oxigênio em ozônio, este gás tem alto poder germicida e oxidante.

“A nossa matéria prima é o ar, o nosso resíduo é o oxigênio e o nosso consumo de energia é o equivalente a algumas lâmpadas, desta forma, agente consegue resolver problemas antes quase sem solução.”

O equipamento foi criado em 2005, com um investimento de R$100.000,00 na compra de materiais elétricos e contratação de mão de obra.

Na época, a ideia foi bem aceita no mercado, mas o empresário sabia que era preciso aperfeiçoá-la: ao longo dos anos fez testes e criou novos modelos.

Olhando assim, o equipamento fabricado hoje parece aquele de oito anos atrás, de quando tudo começou.

Mas só parece! Na verdade a diferença está no interior: na tecnologia.

Hoje os aparelhos são mais eficazes e tem uma variedade enorme de aplicações!

“O primeiro equipamento fazia 1g/hora. Hoje, fazemos 180g/hora com um equipamento. Isto nos permitiu nos aventurar até a tratar água de cidades como hoje começamos a fazer.”

O ozônio também é usado para a solução de problemas ambientais como a contaminação de solos, e elimina odores de fertilizantes, além de substituir o cloro na limpeza de piscinas e na esterilização de alimentos.

“O ozônio é 100 vezes mais potente que o cloro e 3200 vezes mais rápido que o cloro, ou seja, além de ser mais potente, ele age muito mais rapidamente.”

No laboratório montado na empresa os aparelhos são calibrados e testados.

No aquário a ação do gás pode ser vista facilmente.

No teste um pacote de suco artificial é dissolvido na água.

Em poucos segundos o ozônio entra em contato com o pó e destrói todos os elementos químicos.

Resultado: a água perde a coloração artificial e fica purificada novamente.

A empresa fabrica em média 30 equipamentos por mês e já fez mais de 2500 instalações no Brasil, Peru e na Argentina.

O Aquário de São Paulo é cliente do empresário Samy Menasce a cinco anos. Lá a água dos animais não tem produtos químicos!

A utilização do ozônio no sistema de filtragem do aquário traz benefícios importantes.

Aqui por exemplo onde estão diversas espécies de peixes da bacia amazônica e também o peixe boi, o ozônio mantém a água limpa, sem cheiro e esterilizada, eliminando fungos e bactérias que são prejudiciais aos peixes.

O mesmo foi feito no aquário dos tubarões:

“O sistema melhora em todos os aspectos: tanto no visual, quanto no clínico, e quanto no funcionamento do sistema biológico do aquário. Nós montamos no aquário um micro eco-sistema. O ozônio vem como uma ferramenta importante para dar suporte para que este micro eco-sistema funcione bem.”

Os aparelhos ficam na casa de máquinas do aquário.

Para instalar o sistema o investimento ultrapassou os R$100.000,00!

“Ganha o público, que vai conseguir ver aquários com águas mais cristalinas, com uma proximidade maior desta vida aquática, ganham os animais que estão em um ambiente mais saudável pro seu crescimento e desenvolvimento, ganham os técnicos que tem uma ferramenta importante para beneficiar no nosso trabalho do dia-a-dia.”

Agora o empresário Samy Menasce quer ampliar ainda mais os números.

Investir nas exportações e mostrar para o mundo os benefícios da utilização do gás ozônio: um mercado em plena expansão!

“No mínimo vamos multiplicar por cinco o faturamento. Na verdade nós já faturamos em um mês o que nós faturamos no ano passado todo. As perspectivas são realmente as melhores possíveis e tanto assim que estamos acabando de construir uma segunda unidade.”

Espero que tenham gostado da matéria sobre a Brasil Ozônio no Pequenas Empresas Grandes Negócios.

Você pode enviar este artigo para seus amigos utilizando os botões das redes sociais logo abaixo. Compartilhe!

O conteúdo desta página é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.

Receba dicas e novidades grátis no email

GOSTOU DO QUE LEU?

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO