Reportagem com a Brasil Ozônio no SBT – Confiram!

Um engenheiro pegou no ar uma grande ideia e não deixou escapar pelos dedos.

Ele criou um gerador que transforma oxigênio em gás ozônio, que pode ser usado para purificar água, alimentos e esterilizar materiais cirúrgicos.

E o que é melhor: o sistema de descontaminação é 100% natural – não utiliza produtos químicos industrializados.

“O ozônio é um germicida, ele descontamina a água e ele também descolora a água.”

O engenheiro Samy trabalhou cinco anos no desenvolvimento da indústria de geradores de ozônio.

Com estes equipamentos o que foi feito no aquário pode ser repetido em piscinas, poços artesianos, lagos e até rios.

Um dia ele acordou e pensou assim: “se o ozônio é 100 vezes mais forte que o cloro, mata bactérias vírus e fungos como nenhum outro no planeta, é natural e não contamina o meio ambiente, porque não vender este gás?”

Nascia aí uma ideia milionária…

Samy já investiu R$500.000,00 no projeto. Hoje a empresa fatura cerca de 2 milhões por ano. Um negócio rentável, eficaz e ecologicamente correto.

“Nós captamos o ar aqui, ele é desumidificado, secado, entra no gerador, onde se gera o ozônio a partir do oxigênio existente no ar. Tudo isso comandado por uma central.”

A empresa tem como clientes grandes indústrias.

“Para reduzir a contaminação e a poluição dos rios, pois se cada indústria fizer com que a sua água saia tratada o rio não terá mais problemas!”

A SABESP usa os geradores no tratamento de água de poços artesianos.

O aquário de São Paulo também.

Aqui estão 250 espécies em um milhão de litros de água.

Um gás novo para os moradores do aquário…

“A gente nota um aspecto da água muito mais cristalino, uma tonalidade, principalmente na água marinha, bem mais azulada, que é o que se nota naturalmente nos ambientes.”

Samy também desenvolve um projeto de esterilização de materiais cirúrgicos e os planos não param: novas ideias para o uso do ozônio estão surgindo…

“Nós estamos desenvolvendo um sistema pequeno, com dois metros quadrados, com energia solar, que vai poder ser instalado em qualquer lugar, e tratar diariamente água para até mil pessoas.”

Esta reportagem foi exibida em 01 de Setembro de 2009 no Jornal do SBT, no quadro “Grande Idéia”

Você pode enviar este artigo para seus amigos utilizando os botões das redes sociais logo abaixo.

Para sanar qualquer dúvida utilize o campo de comentários abaixo!

O conteúdo desta página é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.

Receba dicas e novidades grátis no email

GOSTOU DO QUE LEU?

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde,
    Meu nome e Jayro
    Gostaria de saber se existe algum documento para uso de pesquisa, pois gostaria de transformar e aplicar essa ideia em um trabalho de graduação em química.
    Se tiver como me enviar algo sobre.

DEIXE SEU COMENTÁRIO