Os sistemas de aquecimento a gás chegaram no Brasil na década de 70 e, só agora, depois da virada do século, é que grandes empresas decidiram investir na produção e na divulgação deste tipo de aquecedor.

Hoje, com as melhorias técnicas, a modernização do design e algumas outras alterações, os aquecedores a gás são muito usados em piscinas de pequeno porte e dependendo da situação, podem ser usados para aquecer grandes volumes de água.

Quando escolher um aquecedor a gás para a piscina?

Aquecedor a gás para piscinaPor via de regra, o aquecedor a gás é uma excelente opção como aquecedor auxiliar para os trocadores de calor.

Se sua piscina está fria e o aquecimento tradicional não está dando conta do recado, seja ele bomba de calor ou aquecimento solar, o aquecedor a gás é o mais indicado!

Este tipo de aquecedor utiliza gás GLP, este mesmo de cozinha, para adicionar um Delta gigantesco à água da piscina. Se os trocadores de calor não ultrapassam os 3 graus Celsius de variação da temperatura, os aquecedores a gás fornecem um Delta de mais de 10 graus Celsius!

Isso significa que aquecem a piscina muito mais rapidamente e que conseguem elevar a temperatura da água muito mais do que o limite das bombas de calor, que gira em torno dos 35 graus Celsius.

Instalação do aquecedor a gás na piscina

Agora que você já sabe que o aquecedor a gás entrega mais energia à água e que portanto aquece mais rápido e de forma mais confiável, já que não depende do sol nem da temperatura ambiente, vamos falar um pouco sobre a instalação.

Onde instalar o aquecedor a gás?

Como ligar os fios do aquecedor?

Calma! Vamos falar de tudo…

Onde instalar o aquecedor a gás

Qualquer aquecedor a gás deve ser instalado numa superfície resistente e elevada.

Não instale o aquecedor a gás no nível do chão!

Por se tratar de um equipamento que utiliza GLP, deve-se tomar cuidado para escolher sua superfície de sustentação: não utilize nenhum material considerado combustível!

O ideal é construir uma pequena plataforma ou utilizar uma pedra grande para servir de plataforma.

Um outro ponto importantíssimo na instalação do aquecedor a gás é o ambiente. Não faça a instalação dele em ambientes fechados! Evite também utilizar o cômodo onde ele será instalado como depósito de materiais ou despensa. Só use o cômodo desta maneira caso ele esteja fortemente arejado e ventilado.

A ligação elétrica do aquecedor a gás

Por incrível que pareça, aquecedores a gás precisam de energia elétrica! Claro que é bem pouco, afinal de contas, ele não aquece a água com eletricidade…

A maior parte dos modelos só precisa desta ligação elétrica para operar o visor digital e alguns dispositivos de segurança. Estes aquecedores normalmente vem com apenas três fios finos para serem ligados. É super fácil e rápido se a energia estiver disponível no local da instalação.

É possível ligá-lo diretamente no rede de alimentação da bomba da piscina já que ele só deve ligar se houver fluxo de água. Pode-se também ligá-lo num painel de controle ou no timer da casa de máquinas.

A tubulação do aquecedor a gás

Assim como qualquer sistema de aquecimento de piscinas, o aquecedor a gás é ligado na tubulação de retorno, logo após o filtro.

Para fazer esta ligação hidráulica você vai precisar de um pouco de tubo PVC, algumas conexões, uma lixa, serrinha e cola.

O que precisa ser feito essencialmente é cortar a tubulação de retorno que sai do filtro e utilizar joelhos de 90 graus para a entrada e para a saída do aquecedor. Observe bem a tubulação da sua piscina, que provavelmente é de 50 milímetros e a tubulação do aquecedor, que provavelmente é menor que isso!

A alimentação de gás para o aquecedor

Aquecedor a gás de piscinaSe nos outros pontos você conseguiu fazer sozinho, neste não recomendamos tentar pois é um trabalho para especialistas!

A única recomendação que podemos dar é utilizar o manual de instruções como regra máxima para este passo. Em primeiro lugar pela segurança de todos e em segundo lugar pois a instalação incorreta pode comprometer o funcionamento do aparelho.

Somente para ilustrar o que estamos dizendo, é comum vermos aquecedores que precisam de uma rede de alta pressão não funcionar devido à instalação com gás de cozinha comum, ou seja, de baixa pressão.

Custo de funcionamento de um aquecedor a gás

O valor gasto com um aquecedor a gás para manter uma piscina aquecida depende.

Depende:

  • da temperatura desejada
  • da temperatura ambiente
  • do uso da capa térmica

O valor mensal gasto com gás para aquecer uma piscina pode variar demasiadamente. Entretanto, podemos afirmar que o valor gasto numa piscina sem capa térmica pode ser até duas vezes maior do que o montante gasto numa piscina coberta.

Leia mais sobre capa térmica para piscina em nosso texto:

Então é isso pessoal! Espero que tenha gostado do texto sobre aquecedores a gás para piscinas já que é um equipamento que está tão em alta, especialmente nesta época mais fria do ano.

Se ficou alguma dúvida com relação a este ou qualquer outro sistema de aquecimento de piscina, deixe nos comentários pra gente!

Receba dicas e novidades grátis no email

GOSTOU DO QUE LEU?

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom tenho uma piscina de 5 x 2.4, igui de 10.000litros modelo kee, só utilizo no final de semana ou a cada 15 dias… não gostaria de ter um sistema aquecendo desnecessariamente se não vou usar.. então conforme materia de vocês o ideal seria o aquecedor a gás. ..
    Qual modelo vcs indicam para essa piscina que comentei…

    • Varia de fabricante para fabricante, Claudio. É interessante que você defina pelo menos a marca e então parta para o modelo. Se a piscina for aberta, ou seja, sem cobertura nem capa, é interessante instalar um aquecedor superdimensionado. Caso seja uma piscina coberta, um aquecedor para 10000 litros certamente atenderá.

DEIXE SEU COMENTÁRIO