Já falamos em outras publicações sobre a importância do filtro da piscina. Assim como a filtração, a circulação e a desinfecção são pontos essenciais para a saúde da piscina.

Se o filtro da piscina for do tamanho da própria piscina, não seria necessário o sistema para fazer a água circular.

Se a piscina fosse de água corrente, como um rio, não seria necessário clorar a água para evitar o desenvolvimento de algas e bactérias!

Eis que identificamos os pilares para a saúde da piscina:

É preciso encontrar um ponto de equilíbrio e não deixar de considerar nenhum destes três pilares para que a piscina se mantenha sempre em condições de uso sem oferecer risco à saúde dos banhistas nem tampouco danos aos equipamentos.

Piscinas turvas, opacas, esverdeadas ou com algum outro problema aparente, na realidade apresentam ineficiência em pelo menos um destes pilares:

  • ou a filtração não está sendo feita de forma eficiente;
  • ou a circulação da água está comprometida;
  • ou a desinfecção está fraca.

Neste texto queremos falar um pouco acerca deste primeiro pilar: a filtração.

A filtração da piscina

A filtração normalmente é feita por um filtro de areia. Existem aqueles que utilizam filtros de tecido, filtros de cartuchos, mas em geral, os mais usados (e eficientes) são os filtros de areia. (Excluímos aqui alguns tipos de filtros para evitar a fadiga, ok?)

Quando o assunto é o filtro, a primeira coisa que você precisa se perguntar é a seguinte:

Meu filtro não é muito pequeno para a piscina?

Tamanho não é documento mas quando se trata de filtro para piscinas é assim: filtros maiores são melhores!

Se você utiliza filtros de cartuchos você precisa saber que, conforme ele vai ficando mais velho, a cada filtração, ele vai perdendo eficiência e acaba deixando passar impurezas cada vez maiores.

Nos filtros de areia temos problemas semelhantes: com o assentamento da areia no interior do bojo do filtro, criam-se canais ou caminhos onde a água passa com maior facilidade e isso acaba permitindo que algumas partículas de sujeira retornem para piscina.

Areia para filtro de piscinaA areia especial para filtros também, ao envelhecer, perde sua granulometria e tem seus grãos cada vez mais arredondados, o que também prejudica a filtração da piscina.

Se sua motobomba for muito potente ela acaba empurrando muita água no cartucho ou na areia e isso também favorece o retorno da sujeira para a piscina.

Se normalmente o filtro de areia retém sujeira de até 20 mícrons, com excesso de pressão as impurezas de até 50 mícrons podem voltar para a piscina como se não houvesse filtração.

Nossos olhos começam a ver as partículas de sujeira a partir de 30 mícrons

Dicas relacionadas à filtração

O tamanho do filtro

O tamanho do filtro da piscinaCom um filtro grande, ou, como gostamos de dizer, superdimensionados, você economiza ao ter que retrolavar menos e também na quantidade de cloro que precisa colocar na piscina, já que ele ficará em contato com uma quantidade de sujeira menor.

A idade da areia do filtro

Substitua a areia do filtro pelo menos a cada dois anos, ou quando você perceber que mesmo depois de retrolavar a sujeira está voltando para a piscina de forma mais rápida do que normalmente acontecia.

Troca da areia do filtro da piscinaTrocar a areia do filtro é simples!

Entre em contato com uma empresa especializada em casa de máquinas de piscinas e eles resolvem o problema rapidamente!

Dependendo do tamanho e da idade do filtro o trabalho pode ser pesado.

A idade do cartucho do filtro

Substitua o cartucho do filtro anualmente ou, dependendo da utilização da piscina, a cada seis meses.

Quando a retrolavagem do filtro parece necessária de dois em dois dias, provavelmente já está na hora de trocar o cartucho por um novo.

Manômetro do filtro da piscinaUse o manômetro do filtro

O manômetro não está no filtro da piscina por acaso! Utilize-o para verificar a necessidade de retrolavar o filtro.

Apesar de serem confiáveis eles podem apresentar defeitos especialmente pois podem ser feitos de ferro e tendem a enferrujar. Verifique se, depois de retrolavar, a pressão mostrada diminui. Se o manômetro apresentar problemas, solicite uma visita de um técnico para fazer a substituição!

Verifique a integridade do filtro

Dê uma olhada em todos os aspectos do filtro. Procure por vazamentos, problemas no manômetro, na válvula, nos registros e etc.

Contar com uma empresa especializada para isso também pode ajudar a identificar problemas de maneira precoce.

Um filtro bem dimensionado deve ser capaz de filtrar sua piscina em no máximo quatro ou cinco horas.

Apesar dos fabricantes que insistem em informar que o filtro que atende sua piscina deve filtrá-la em até doze horas, nossa recomendação é sempre optar por um filtro maior, bem maior do que eles dizem.

De qualquer forma, esta quantidade de tempo vai variar de acordo com a circulação, não é mesmo?

Acompanhe essa nossa série inteira e saiba mais sobre os outros dois pilares da limpeza da piscina.

Lembrando:

Esperamos que você tenha gostado do texto sobre a filtração da piscina e que ele tenha te ajudado a entender por que a filtração é um dos pilares necessários para uma piscina sempre cristalina e saudável. Se gostou, clique em gostei, logo aqui embaixo. Isso nos ajuda bastante! Curta nossa página no Facebook para nos acompanhar.

E por último, para saber mais acerca do conjunto filtrante, confira estes outros textos:

Receba dicas e novidades grátis no email

GOSTOU DO QUE LEU?

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO