Relembrando nosso último texto… Falamos que existem três pilares para a manutenção da cristalinidade da piscina:

Já falamos em outras publicações sobre a importância do filtro da piscina e assim como a filtração, a circulação é um dos pilares da limpeza da piscina.

Falamos do primeiro pilar neste texto:

Hoje vamos falar sobre o segundo pilar…

A Circulação de água na piscina

Falamos no primeiro texto desta série que se a água da sua piscina se movimentasse como um rio, provavelmente nem a filtração nem a desinfecção seriam necessárias.

Não seriam pois algas e bactérias não conseguem se desenvolver numa piscina cuja água está sempre em movimento assim. O sistema de circulação de água da piscina é constituído essencialmente por uma rede de tubos, uma motobomba e um filtro.

Os projetos de piscinas são desenvolvidos para que a circulação funcione jogando a água da superfície para o fundo da piscina de modo que não exista nenhum lugar na piscina cuja água esteja parada.

Ralos de fundo da piscinaOs ralos de fundo

Por isto existe o ralo de fundo na piscina bem como os dispositivos de retorno.

Também por isso eles ficam sempre nas mesmas posições: o ralo de fundo no piso da piscina e os dispositivos de retorno nas paredes próximo à borda.

Se você deixa a piscina filtrando somente pela aspiração, como se sua piscina não tivesse um ralo de fundo, você provavelmente está filtrando só a água de cima.

Desta forma a parte mais funda poderá favorecer o desenvolvimento de algas e provavelmente você será um dos leitores do nosso guia completo para eliminar algas da piscina.

Robô que limpa piscinaLimpadores automáticos

Robôs limpadores de piscinas podem ser usados para compensar a ineficiência da circulação de água na piscina.

Adicionalmente, os dispositivos de retorno podem ser direcionados mais para baixo com o objetivo de movimentar esta parte da piscina que sofre com a falta de circulação de água.

O skimmer

Um dos problemas mais comuns na circulação de água das piscinas é a ausência do skimmer.

Se sua piscina também não tem este dispositivo instalado você pode sofrer na hora de fazer a peneiração na superfície.

Excesso de folhas, insetos e outros tipos de sujeira serão constantes.

Skimmer portátilPara resolver este problema, aprimorando a circulação e evitando o acúmulo de sujeira na linha da água, você pode verificar a possibilidade de instalar um skimmer.

Hoje em dia é uma solução possível já que o mercado dispõe de skimmers portáteis e skimmers flutuantes.

O ideal é ter os dois dispositivos funcionando: o ralo de fundo e o skimmer

Os dispositivos de retorno

A maior parte das piscinas possuem pelo menos dois dispositivos de retorno.

Eles são instalados em locais estratégicos para otimizar a circulação da água no interior da piscina.

Um erro que pode ocorrer na hora de determinar onde ficarão os dispositivos de retorno é fazer com que eles direcionem a água um contra o outro. Equívoco gravíssimo!

Não se pode instalar dispositivos de retorno em direções opostas!

Assim você acaba tendo uma circulação extremamente prejudicada e a limpeza da piscina vai ser consideravelmente mais difícil especialmente nas áreas onde não houver circulação eficiente da água.

Uma vantagem de criar um fluxo de circulação eficiente que movimente inclusive a parte mais funda da piscina é exatamente a facilitação da limpeza já que nenhuma folha, nenhum tipo de sujeira conseguirá ficar parado num determinado local do fundo enquanto a motobomba estiver em funcionamento.

Criando um fluxo também na superfície evita inclusive que estas folhas cheguem ao fundo!

Quem lida com piscinas sabe que as folhas ao cair na piscina, antes de afundar, passam algum tempo na superfície.

Com o skimmer em funcionamento estas folhas serão sugadas antes mesmo de submergir.

A circulação da água na piscina

Para testar o fluxo de circulação da piscina é possível utilizar certos corantes não tóxicos.

Depois de colocar a tinta na piscina basta esperar e conferir como ela se desloca e se mistura à água.

Assim é possível certificar-se de que não existe nenhuma área onde a circulação está ineficaz.

A circulação da água em grandes piscinas pode ser beneficiada com ajustes nos próprios registros da piscina.

Normalmente piscinas de grande porte possuem mais de um skimmer e vários ralos de fundo.

Reduzindo o fluxo de água em um determinado skimmer pode favorecer a sucção nos outros e o mesmo vale para os ralos de fundo.

Basta fechar parcialmente os registros que estão puxando a água com muita força até atingir um equilíbrio.

Este tipo de procedimento é comum em grandes piscinas para evitar que os dispositivos mais próximos da motobomba sejam utilizados com maior intensidade do que aqueles mais distantes da casa de máquinas.

O mesmo pode ser aplicado nos dispositivos de retorno, apesar de que a maior parte das piscinas são construídas sem registros na tubulação de retorno.

certifique-se de não estrangular a tubulação de saída pois isso certamente danificaria a motobomba

Se você não sabe lidar com a casa de máquinas, entre em contato com uma empresa especializada!

Circulação: um dos pilares da limpeza da piscina

A circulação da água é um dos pilares para uma piscina sempre cristalina e fica fácil perceber sua importância quando ela está ineficiente.

Uma piscina com a circulação deficitária é mais difícil de limpar e manter limpa.

Vale a pena dar uma olhada na circulação da água na sua piscina pois estes três pilares se sustentam juntos e, se um deles “capengar” os outros dois podem estar excelentes que a piscina provavelmente não ficará com aquele brilho que todo mundo gosta!

Trabalhar para otimizar a circulação da água na piscina significa gastar menos dinheiro com desinfecção, menos energia com a filtração e menos tempo limpando a piscina manualmente.

Esperamos que você tenha gostado de saber um pouco mais sobre a importância da circulação da água na piscina.

Confira a série completa sobre os pilares para uma piscina cristalina:

Veja o próximo texto desta série onde falamos sobre o terceiro, último e mais importante pilar de uma piscina saudável: a desinfecção.

Receba dicas e novidades grátis no email

GOSTOU DO QUE LEU?

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO