Hoje vamos falar um pouco sobre a tecnologia do gerador de cloro: uma tecnologia que, apesar de não ser nova, pouca gente conhece.

Ainda que não sejam muito famosos, os geradores de cloro se mostram extremamente eficientes como sistemas auxiliares na desinfecção de piscinas e quem testa geralmente aprova os resultados.

O equipamento utiliza uma corrente elétrica controlada para realizar uma eletrólise salina gerando como subproduto um teor de cloro livre para combater as impurezas que por ventura entrem em contato com a água da piscina.

Eletrólise? Gerador de Cloro? Nunca viu estes termos? Então vamos começar do princípio…

Por que gerar cloro na piscina?

A geração de cloro na piscina é uma das formas de manter um dos pilares do tratamento: a desinfecção.

Já falamos sobre os três pilares do tratamento de piscinas, se você não leu, seguem os links:

Manter a desinfecção da piscina é um hábito essencial para que ela fique sempre cristalina e não propicie o desenvolvimento de algas e bactérias.

Uma das formas de incrementar a desinfecção da piscina é colocar cloro. Se não quer colocar cloro a cada 2 horas, pode contar com dosadores de cloro!

Dosadores de cloro

Chamamos de dosadores de cloro os equipamentos que realizam eletrólise salina na piscina.

cloradores flutuantes? cloradores automáticos?

Não! Vamos esclarecer as diferenças…

Diferença entre clorador automático, clorador flutuante e dosador de cloro

Existe uma grande confusão em torno destes termos e vamos resolver tudo aqui…

Clorador automático

Dosador de cloroChamamos de clorador automático, ou dosador de cloro, aquele equipamento que é instalado na casa de máquinas, mais precisamente na tubulação de retorno da piscina.

Ele funciona com a inserção manual de pastilhas de cloro e, conforme o sistema de filtração vai funcionando e a água vai passando por ele, ele vai dispensando pouco a pouco uma certa quantidade de cloro que facilita a manutenção do teor de cloro na piscina prolongando o efeito das adições manuais de cloro granulado na água.

Clorador flutuante

Clorador flutuanteTambém chamados de margaridas, os cloradores flutuantes são recipientes que ficam na superfície da piscina e que também demandam de adição manual de pastilhas.

Conforme o tempo vai passando, estas pastilhas vão se dissolvendo e ajudando na manutenção do cloro livre na água e, consequentemente, prolongando o intervalo entre as adições de cloro granulado.

Cloradores flutuantes foram o centro das atenções no nosso texto “Como manter a água da piscina cristalina e saudável“.

Gerador de cloro

Gerador de CloroUm gerador de cloro é um equipamento autônomo que, diferentemente do clorador flutuante e do dosador de cloro, não precisa de reabastecimento periódico de cloro em tabletes.

Eles são instalados na casa de máquinas da piscina e funcionam realizando eletrólise salina para obtenção de cloro livre.

Mas o que é eletrólise salina?

Eletrólise salina é a decomposição do Sal (sim! sal de cozinha mesmo!) em cloro usado na desinfecção da piscina. Por ser autônomo, facilita enormemente o trabalho para manter a piscina limpa.

Sal especial para piscinasO funcionamento da eletrólise na piscina

1Para termos o processo de eletrólise salina funcionando perfeitamente na piscina, é preciso adicionar sal à água. Normalmente usa-se cerca de 4 gramas para cada mil litros de água.

2Depois que o sal se dissolve na piscina, o equipamento adiciona, através de um eletrodo, uma corrente elétrica controlada para converter o sal dissolvido em cloro. Assim que esta corrente é aplicada, a piscina está protegida pela ação sanitizante do cloro.

3Depois de oxidar as impurezas da água, o cloro é convertido novamente em sal. Este ciclo faz com que a concentração de sal na piscina seja praticamente constante e só vai variar devido à retrolavagem do filtro, o entra e sai de usuários na piscina e este tipo de acontecimento que é normal em toda e qualquer piscina.

A única coisa que precisa ser feita para garantir o funcionamento da eletrólise salina é o acompanhamento dos parâmetros normais da piscina (a alcalinidade e o pH) e também do nível de sal.

Benefícios do gerador de cloro

Com o funcionamento deste tipo de equipamento, o responsável pela limpeza da piscina tem como principal benefício a facilidade na manutenção.

Já os usuários vão agradecer pela cristalinidade da água que, assim como em outros métodos de desinfecção, torna-se evidente à primeira vista.

Além de facilitar a limpeza e deixar a piscina muito bonita, os geradores de cloro proporcionam uma economia fantástica de cloro já que o teor de cloro tende a não ultrapassar o necessário para tratar da piscina.

Desvantagens do gerador de cloro

Como não é só de flores que se vive a vida, toda tecnologia tem suas desvantagens. Os dosadores de cloro também tem algumas:

O tratamento físico das piscinas tratadas com geradores de cloro precisa ser feito com uma frequência maior já que a eletrólise salina provoca a decantação do calcário da água em todas as superfícies do revestimento da piscina.

Deposição de calcário na piscinaForma-se um pó fino e pesado no fundo da piscina, nas escadas e em todas as superfícies horizontais é possível identificar o aparecimento de incrustações. Por isso é interessante fazer a escovação da piscina bem como a aspiração com uma frequência maior.

Uma outra desvantagem do dosador de cloro que utiliza eletrólise do sal é a aceleração dos processos de corrosão na piscina. Esta corrosão é inevitável e tende a danificar qualquer material metálico em contato com a água.

Nossa recomendação é evitar a instalação de equipamentos metálicos na piscina.

Sempre que possível escolha objetos feitos em plástico, ou outro material.

Dosadores de cloro – Nossa opinião

Na nossa opinião são equipamentos excelentes e deixam a piscina realmente com uma cristalinidade estonteante. Contudo possuem alguns pontos negativos que precisam ser levados em consideração. Não falamos de todos bem como não falamos de todos os pontos positivos afinal a eletrólise salina afeta a água em todos os sentidos e, querendo ou não, gera consequências subjetivas.

Como decisão final, este tipo de tecnologia de tratamento de piscinas merece o seu crédito pois cumpre seu papel assim como várias outras.

Se ficou alguma dúvida com relação à eletrólise do sal, aos geradores de cloro ou alguma outra, deixe aí pra gente nos comentários! Participe! Nossa comunidade agradece! 😉

O conteúdo desta página é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Crime de violação de direito autoral – artigo 184 do Código Penal – Lei 9610/98 - Lei de direitos autorais.

Receba dicas e novidades grátis no email

GOSTOU DO QUE LEU?

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO