Cloro para piscinaO cloro ainda segue como principal produto no tratamento de piscinas no Brasil.

É com a aplicação do cloro que eliminamos odores indesejáveis da piscina (leia mais sobre o cheiro de cloro na piscina), oxidamos a matéria orgânica e deixamos a piscina livre de algas e bactérias que podem transmitir infecções.

Hoje em dia já existem sistemas de tratamento que auxiliam o cloro neste trabalho de desinfecção da piscina e acabam reduzindo consideravelmente a utilização do cloro.

Contudo, a má notícia é que, de acordo com a vigilância sanitária, ainda não podemos tratar de piscinas sem a utilização de um desinfetante residual, como o cloro ou o bromo…

Por isso hoje resolvemos falar um pouco a cerca da cloração da piscina. A forma correta de colocar cloro na água. O melhor horário de clorar a piscina e etc.

Parece uma ação simples, mas para clorar a piscina, alguns detalhes devem ser observados visando a manutenção da qualidade do tratamento e a integridade física de quem manuseia o cloro, uma vez que se trata de um produto extremamente oxidante e perigoso.

Vamos aprender a colocar cloro na piscina?

Como clorar a piscina?

Equipamento para clorar a piscinaAntes de pensar em encostar no balde de cloro, lembre-se dos equipamentos de proteção necessários: par de luvas, máscara e óculos de proteção e etc.

Depois de se proteger, vamos então à cloração da piscina de fato…

  1. Faça a análise da alcalinidade e do pH da piscina e ajuste-os se necessário.
    O pH da piscina deve estar entre 7,2 e 7,4. Já a alcalinidade deve permanecer entre 80 e 120 ppm. A manutenção destes níveis de alcalinidade e pH são essenciais para manter o poder de desinfecção do cloro na piscina.Mais sobre pH e alcalinidade em piscinas:
    – A importância do controle do ph da piscina
    – A importância do controle da alcalinidade da piscina
    – Controlando o pH e a alcalinidade da piscina – AvançadoDissolva o cloro num balde com água da piscina
  2. Depois desta preparação da água podemos partir para o cloro…
    Encha até a metade de um balde plástico com água da própria piscina.
  3. Se a quantidade de cloro a ser colocada na piscina for pequena, coloque-a no balde e misture com o auxílio de algo plástico, que pode ser uma grande colher plástica.
  4. Espalhar o cloro por toda a piscinaDepois de misturar completamente o cloro dentro do balde, jogue-o na piscina espalhando por toda a superfície.
  5. Deixe a piscina filtrando por aproximadamente uma hora para que o cloro se espalhe de maneira homogênea na piscina.
  6. Depois deste período de homogenização, meça o cloro livre novamente e verifique… Se ele estiver abaixo de 1 ppm, é necessário realizar outra aplicação. Caso o cloro esteja entre 1 e 3 ppm, nossa missão está comprida: a piscina estará desinfetada, ao menos pelas próximas horas.

Erros comuns ao clorar a piscina

A ideia de clorar a piscina é simples e não envolve nenhuma ciência avançada, entretanto é importante evitar alguns erros comuns…

Jogar o cloro direto na piscina

É um erro comum pois em geral as pessoas não tem muito tempo ou paciência para lidar com a manutenção da piscina.

O problema aqui é que jogando o cloro diretamente na superfície da piscina, você correrá o risco de danificar o revestimento da piscina uma vez que há a chance de chegarem partículas sólidas de cloro ao fundo da piscina.

Se isso acontecer, especialmente em piscinas frágeis como a de vinil e a de fibra de vidro, você certamente terá manchado a piscina irreversivelmente.

Jogar o cloro sob o sol intenso

Especialmente cloros que não são estabilizados tem uma sensibilidade extrema à radiação solar.

Dependendo da intensidade do sol, o cloro jogado na piscina pode durar apenas alguns minutos.

A ideia aqui é escolher o cloro correto para sua piscina e dar preferência para utilizá-lo sempre no final do dia, quando o sol já está mais ameno.

Jogar o cloro no pré-filtro da motobomba

Colocar cloro no pré-filtro da bomba da piscina é um erro comum uma vez que facilita realmente a dissolução do cloro. Entretanto, este hábito é problemático uma vez que contribui para a corrosão dos componentes metálicos da bomba.

O sêlo mecânico e o eixo da motobomba são diretamente comprometidos com a adição de cloro no compartimento do pré-filtro. Simplesmente não faça isso!

Misturar o cloro no balde utilizando materiais metálicos

O cloro é um componente extremamente oxidante e não deve ser colocado em contato direto com objetos metálicos.

Apenas lide com isso!

Misturar o cloro no balde com as mãos

Assim como o cloro oxida metais, ele também causa danos à nossa pele.

Daí a necessidade de utilizar luvas para manuseá-lo.

Além do cheiro insuportável que fica nas mãos pelo resto do dia, o cloro pode causar alergias e irritações em quem comete este equívoco.

Não utilizar máscara para manusear o cloro da piscina

A máscara é extremamente importante para proteger as vias aéreas do poder oxidante do cloro.

Vale lembrar que se o cloro granulado é perigoso, o cloro em pó é consideravelmente mais perigoso.

Não queira ter a sensação de inalar estes compostos! Utilize máscara sempre que for trabalhar com o cloro da piscina!

Todas estas atitudes contribuem para a ocorrência de erros e problemas, ora para a piscina e ora para a saúde do responsável pela limpeza da piscina.

Mas seguindo nossas dicas não tem erro, ok?

Escrevemos um texto onde falamos de maneira detalhada como o cloro da piscina funciona. Recomendamos a leitura!

Adicionalmente, seguem alguns de nossos textos onde falamos sobre o cloro:

Limpeza de piscinaE como sempre dizemos: se não quiser se preocupar com a forma de colocar cloro na piscina e outras coisas mais, entre em contato com uma boa empresa de limpeza de piscina e fique tranquilo.

Apesar de não ser nenhum bicho de sete cabeças, a manutenção de uma piscina demanda tempo e dedicação.

Nós esperamos que você tenha gostado do artigo e se tiver ficado alguma dúvida, utilize o campo de comentários logo abaixo para falar conosco, ok?

Adicione nosso site em seus favoritos e se quiser passar a palavra adiante, compartilhe com os amigos!

Receba dicas e novidades grátis no email

GOSTOU DO QUE LEU?

26 COMENTÁRIOS

  1. minha piscina tem 30.000 litros qual a quantidade de cloro devo usar, e qual o tempo para usar de um aplicação para outra, existe vários tipo de cloro 4 em 1 e outros qual devo usar?

  2. Uso cloro HTH 10×1 e sempre dissolvo no balde antes de aplicar, conforme recomendação, mas sempre fica um resto no fundo do balde que não dissolve de jeito nenhum, como devo fazer pra dissolver? ou esse resto não tem problema em largar na água?

    att, Carlos Kebach.

    • O ideal é dissolver completamente, Carlos, nem que para isso você tenha que misturar por alguns minutos a mais.
      Este resíduo que fica pode danificar o revestimento de sua piscina caso ele seja de fibra ou vinil.

  3. minha piscina e de azulejos porquanto foi construída n colocaram encanamento p extrai a água nem a bomba em fim só colocaram uma bica p encher coma faço p clograr da forma correta nesta condição ?

  4. Olá, sempre que tenho dúvida venho a este site, mas tenho uma qual não encontrei em lugar algum.
    Costumo filtrar minha piscina sempre a noite, das 0:00h às 6:00h. Gostaria de saber se posso jogar o cloro e deixar filtrando esse período, pois não sei se o cloro fica retido no filtro acabando reduzindo sua atuação na sujeira já que removo o filtro para lava-lo a cada 3h.
    Obs: Minha piscina é da iGUi que utiliza um filtro parecido com um coador de café.

DEIXE SEU COMENTÁRIO