Sulfato de alumínio

Sulfato de alumínio

Há algum tempo atrás publicamos um artigo onde explicamos o porque não usar sulfato de alumínio na decantação de piscinas.

Entretanto, escrevemos o artigo como se todos já conhecessem o tal Sulfato de Alumínio.

Depois deste artigo recebemos muitas perguntas sobre a utilização do sulfato de alumínio e resolvemos então escrever uma postagem especificamente sobre ele!

Se faz válido uma vez que na decantação de piscinas ele é (ou “ainda” é) um dos produtos mais utilizados… Vamos lá?

Sulfato de Alumínio

Sulfato de alumínioO sulfato de alumínio é usado para o tratamento de água, tratamento de efluentes, limpeza de piscina, manufatura de papel, decantação de partículas mais densas que a água por ação da gravidade e ajuste do pH da água.

Normalmente é encontrado em forma de pó mas também é possível vê-lo sob a forma líquida, e é corrosivo.

Sob sua forma de pó, o sulfato e alumínio é um sólido não inflamável e não explosivo.

Possui baixa toxicidade entretanto o pó de sulfato de alumínio irrita as membranas mucosas do trato respiratório e os olhos.

Em contato com a pela pode causar ressecamento e dermatites leves.

O sulfato de alumínio é muito solúvel em água, e, inclusive por isso contamina rios e corpos de água com muita facilidade…

Sulfato de alumínio-de piscinasSulfato de Alumínio – O que é?

Sulfato de alumínio [Al2(SO4)3] é um sal obtido pela reação entre o ácido sulfúrico [H2SO4] e o hidróxido de alumínio [Al(OH3)] ou entre o mesmo ácido e o alumínio metálico.

A única diferença é que na primeira reação ocorre a formação de água enquanto que na segunda o outro produto é o gás hidrogênio.

Formação do Sulfato de Alumínio

Sulfato de alumínio pode ser produzido pela dissolução de hidróxido de alumínio, Al(OH)3, em ácido sulfúrico, H2SO4 conforme a reação abaixo:

2 Al(OH)3 + 3 H2SO4 + 3 H2O → Al2(SO4)3·6H2O

Em piscinas, pode-se usar o sulfato de alumínio com a barrilha leve para decantar a sujeira em suspensão na água, o que já dissemos que não recomendamos pois além de abaixar o pH da água da piscina o sulfato de alumínio ainda prejudica a areia do filtro.

Pode-se utilizar, como alternativa ao Sulfato de Alumínio, decantadores líquidos que são facilmente encontrados em qualquer loja de produtos para piscinas.

Propriedades Físicas do Sulfato de Alumínio

  • Fórmula molecular do sulfato de alumínio: Al2(SO4)3·16H2O
  • Massa molar do sulfato de alumínio: 342.15 g/mol como sal anidro
  • Aparência do sulfato de alumínio: sólido cristalino branco
  • Densidade do sulfato de alumínio: 2.672 g/cm³, sólido
  • Ponto de fusão do sulfato de alumínio: 770 °C decomp.
  • Solubilidade do sulfato de alumínio em água: 870 g/L
  • Estrutura cristalina do sulfato de alumínio: monoclínico (hidrato)

Sulfato de Alumínio Solução

Identificação do Sulfato de Alumínio

Nome do Produto: Sulfato de Alumínio Solução.
Aplicação: Produto para purificação de águas

Efeitos Adversos do Sulfato de Alumínio na Saúde Humana

O sulfato de alumínio pode ser absorvido pela pele, pelos olhos e pelas vias respiratórias, causando irritação local e o aparecimentos de sintomas sistêmicos.

Efeitos Ambientais Causados pelo Sulfato de Alumínio

A utilização inadequada do sulfato de alumínio pode ser perigosa ao meio ambiente.

Sintomas Quando Em contato Com o Sulfato de Alumínio:

  • irritante para a pele, olhos e mucosas.
  • a inalação pode causar irritação ou queimaduras no trato respiratório.
  • a ingestão pode causar irritação e queimaduras na mucosa oral, esôfago e estômago.

Medidas de Primeiros Socorros

Medidas de primeiras socorros quando em contato com o sulfato de alumínio

  • Inalação: Remova a vítima para área não contaminada e arejada. Se necessário encaminhe ao médico.
  • Contato com a pele: Retire as roupas e calçados contaminados e lave as partes atingidas com água corrente e sabão durante 15 minutos.
  • Contato com os olhos: Lave imediatamente os olhos com água corrente durante 15 minutos, levantando as pálpebras para permitir a máxima remoção do produto. Após estes cuidados encaminhe ao médico oftalmologista.
  • Ingestão: Nunca dê nada pela boca a pessoas inconscientes ou em estado convulsivo. Se a pessoa exposta estiver consciente.
  • Ações a serem evitadas: Induzir ao vômito.
  • Principais sintomas e efeitos: O pó de Sulfato de Alumínio causa irritação nos olhos, nariz e garganta. Em contato com a pele pode causar coceira ou prurido.
  • Proteção do prestador de socorros: Use equipamento de proteção individual se necessário.

Proteção para os prestadores de primeiros socorros

Evitar contato cutâneo e inalatório com o produto durante o processo.

Notas para o médico

Não há antídoto específico.

Em caso de ingestão, o vômito não deverá ser provocado.

Somente em casos de ingestão de grandes quantidades procedimentos de esvaziamento gástrico poderão ser realizados desde que imediatamente após a ingestão.

Solicitar endoscopia digestiva para avaliar a extensão da lesão do trato gastrointestinal.

O tratamento sintomático deverá basear-se nas condutas gerais de atendimento ao paciente intoxicado, com especial atenção a distúrbios metabólicos e hidroeletrolíticos com sua pronta correção quando necessário.

Manter monitorização das funções hepática e renal, além de monitoração cardíaca nos casos graves.

Em caso de contato ocular, proceder à lavagem com soro fisiológico e encaminhamento para avaliação oftalmológica

Em caso de contato danoso com o produto, o tratamento sintomático deve ser administrado.

No caso de exposição do material a fontes de calor e temperatura elevada provocando a decomposição térmica do mesmo, os gases produzidos são irritantes das vias respiratórias.

A exposição a elevadas concentrações produz dispnéia, cianose, distúrbios da consciência e espasmos de laringe com asfixia.

A elevada solubilidade faz com que sejam rapidamente difundidos pelo organismo causando acidose metabólica.

Medidas de Combate a Incêndio através do Sulfato de Alumínio

Meios de extinção apropriados: espuma, CO2, pó químico e água em último caso.

Procedimentos Especiais: utilizar EPI adequado para evitar o contato direto com o produto.

Avental de PVC, luvas de borracha e botas de borracha são recomendados.

Máscara autônoma deve ser utilizada para evitar a exposição a gases e fumos provenientes da combustão do produto.

Medidas de Controle para Derramamento ou Vazamento de Sulfato de Alumínio

Precauções pessoais: utilizar macacão impermeável, óculos protetores, botas de borracha e luvas de borracha nitrílica ou PVC.

A proteção respiratória deverá ser realizada dependendo das concentrações presentes no ambiente ou da extensão do derramamento/vazamento, para tanto, deverá se optar por máscaras semifaciais ou faciais inteiras com filtro substituível ou ainda, respiradores de adução de ar (ex.: máscaras autônomas).

Remoção de fontes de ignição: interromper a energia elétrica e desligar fontes geradoras de faíscas.

Retirar do local todo material que possa causar princípio de incêndio (ex.: óleo diesel).

Controle de poeira: não aplicável por tratar-se de um líquido.

Prevenção da inalação e do contato com a pele, mucosas e olhos: utilizar roupas e acessórios conforme descrito acima, no item Precauções Pessoais.

Precauções para o meio ambiente: evitar a contaminação dos cursos d’água vedando a entrada de galerias de águas pluviais (boca de lobo).

Evitar que resíduos do produto derramado atinjam coleções de água construindo diques com terra, areia ou outro material absorvente.

Métodos para limpeza do sulfato de alumínio quando derramado: Conter e recolher o derramamento com materiais absorventes não combustíveis (ex: areia, terra, vermiculita, terra de diatomácea).

Colocar os resíduos em um recipiente para posterior tratamento de acordo com as regulamentações locais.

Limpar preferivelmente com um detergente; evitar o uso de solventes.

Neutralizar com produtos alcalinos, como cal, soda cáustica ou carbonato de sódio.

Prevenção de perigos secundários: evitar que o produto contamine riachos, lagos, fontes de água, poços, esgotos pluviais e efluentes.

Sulfato de Alumínio para Piscinas

Abaixo algumas fotos do sulfato de alumínio de algumas marcas diferentes:

Se você leu o artigo que citamos no início, você sabe que não recomendamos o uso do sulfato de alumínio na decantação de piscinas.

De qualquer forma o link está aqui caso queira saber porque NÃO usar sulfato de alumínio em sua piscina.

Esperamos que tenha gostado de saber um pouco mais sobre o Sulfato de Alumínio, este que é o salvador da pátria para uns e o vilão do pH e da areia do filtro da piscina de outros.

Para sanar qualquer dúvida que tenha permanecido utilize o campo de comentários logo abaixo para falar conosco. Sua dúvida pode ser a mesma de muita gente e nossa conversa pode ajudar a todos!

Receba dicas e novidades grátis no email

COMPARTILHE

8 COMENTÁRIOS

  1. Estou fazendo um trabalho sobre Estação de Tratamento de Água e minha dúvida é a seguinte: No processo de coagulação e floculação, utilizando o SULFATO DE ALUMÍNIO em contato com a água bruta forma o HIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO, responsável pela formação do floco, e também forma o ÁCIDO SULFÚRICO e GÁS CARBÔNICO?
    Caso afirmativo, os flocos formados pela reação química, na TINA (Tanque), e impregnados nas paredes e piso, contém ÁCIDO SULFÚRICO e pode ser nocivo à pessoa que irá adentrar na TINA e realizar a limpeza, utilizando-se de vassoura, pá e água?
    Caso afirmativo, quais os riscos à saúde? Pode ser caracterizado a insalubridade? Quais EPI’s utilizar?
    Obrigado, desde já.

  2. Tomei banho na piscina que meu pai tinha acabado de colocar sulfato de alumínio. Meu cabelo está horrivel. Já passei xampu, condicionador, passei muito creme, fiz massagem e continua a mesma coisa. O que eu faço? Sabe me dizer?

  3. O marcador de CL está aparecendo meio chegado a vermelho claro será que e o cloro e o ph está em 7.6.O que fazer para acerta o CL. cloro

    • Quando se aproxima do vermelho quer dizer que há muito cloro na piscina, Jorge. Existem produtos no mercado que reduzem o nível de cloro. Entre em contato com sua loja de piscina que eles poderão lhe ajudar.

  4. Comprei o Sulfato de aluminio, para decantação junto com o cloro granulado, ambos da marca GENCO, porem a agua esta esverdeada e não consigo cristalizar, sera que é devido a mistura? qual a melhor forma de limpar ?quais os produtos tenho que usar para que a agua volte a ficar cristalina?
    Estou apavorada, pois isso nunca aconteceu…..

    Desde ja agradeço a atençao……..

PARTICIPE